Falta para meu peso ideal

falta para a segunda meta

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Piada masculina em relação à obesidade

Meninas recebi este texto imenso por e-mail e quase morri de rir.
Então decidi compartilhar com vocês....

DIETA JÁ


O Verão já chegou e você ainda está com essa pança? Não se preocupe! Descubra que fazer dieta não é um bicho de 7 barrigas!
Quem pensa em dieta já imagina que vai ter de cortar alguma coisa. É aquela velha história de tomar a cervejinha (mas cortar o amendoim), comer feijoada (mas cortar o torresminho) e rebater tudo com um milkshake de ovomaltine do Bob's (para depois cortar os pulsos de remorso).
Você que já não agüenta mais ser chamado de "rolha de poço", "bola de banha" e "chupeta de baleia" precisa ler essa matéria especial sobre dietas agora mesmo.

Então? Está esperando o quê? Um rocambole de doce de leite? Larga esse pacote de elma chips, deixa de ser preguiçoso e começa a ler!

Antes de qualquer coisa, você precisa aprender o vocabulário correto de quem faz dieta.
PEQUENO DICIONÁRIO
Gordura ou Sobrepeso: Fique pelado na frente do espelho. Olhe para sua barriga. Agora coloque a mão e aperte a dita cuja. É isso aí mesmo. Uma imagem vale mais do que mil palavras.

Aminoácido: Ninguém sabe até hoje definir o que é um aminoácido. Mas se você vai entrar numa academia é bom saber pronunciar a palavra corretamente para poder se comunicar com os nativos.

Verduras, legumes e fibras:
Tudo aquilo que sua mãe cansava de mandar você comer. Pois é, agora é hora de pagar o preço da rebeldia da infância.

Light: Você acredita em duendes?

Diet: Não, Papai Noel também não existe.

Calorias:
O inimigo, o Osama Bin Laden dos gordinhos.

Aeróbico: Sinônimo de “suar como um porco no cio”.

Musculação: Não realizar este procedimento depois de comer repolho com ovo.
TIPOS DE DIETAS
 99,9% de todos os mortais, seres humanos, habitantes deste planeta já fizeram algum tipo de dieta, regime, reeducação alimentar, programa nutricional ou seja lá o nome que preferir. Os 0,1% que afirmam que nunca fizeram parte da estatística ou são agraciados por Deus com um abdome "tanquinho" ou são mentirosos. Provavelmente são mentirosos.
Existem centenas de tipo de dietas que são vendidas com as mais variadas promessas (mais saúde, menos colesterol, mais disposição, pau mais duro, pele mais bonita, etc) mas no final todas são compradas pela mesma esperança: menos peso.
E os resultados obtidos por todos são praticamente os mesmos: fome e frustração! Tirando alguns casos isolados de total perda da sanidade mental, ingestão de material de escritório, assaltos armados a docerias, a maioria das pessoas abandona sua dieta sem maiores problemas, apenas com as dimensões maiores.


Fazendo uma pesquisa básica no conceito das dietas mais famosas e algumas até mesmo vivenciadas por mim (sim, porque com os meus 98kg - ah, tá bom! Confesso: 105kg, faço parte dos 99,9%), fica fácil deduzir porque a maioria resulta em desistência e, conseqüentemente, etiquetas XXG. Mas mesmo assim, continuamos tentando...

Abaixo uma pequena lista de dietas. Escolha a sua.

Dieta dos Pontinhos
Você precisa levar para toda refeição uma calculadora científica HP12C, uma planilha do Excel, uma pequena lista (telefônica) com a pontuação de todos os alimentos que existem e ter um curso avançado de algoritmos para poder calcular exatamente o que pode comer. Daí o problema desta dieta: após equações, derivações e horas de cálculo vetorial (e verde de fome) acaba acontecendo umas das três possibilidades.
1) A pessoa calcula errado e come a pontuação de um leitão à pururuca pensando estar comendo os mesmo pontinhos de um tomate.
2) A pessoa perde as contas no meio do caminho, desencana de calcular e come um leitão a pururuca.
3) A pessoa calcula tudo certinho, mas quando vê que pode comer o equivalente a duas ervilhas, e um caule de rúcula, desencana e decide pelo leitão à pururuca.
Dieta da Sopa
Você pode comer a vontade! Mas só se for uma sopa que tem ingredientes como agrião, repolho, couve-flor, chuchu, jiló etc. No segundo dia você já tem sérios problemas flato-intestinais e, conseqüentemente, de convívio social. Além disso, essa dieta peca pela variedade que oferece. No café da manhã você toma sopa numa xícara e, no almoço e no jantar, você a come num prato. Depois de três dias, você empala o verdureiro, joga uma granada na feira, achata a panela de sopa até virar uma moeda e vai numa churrascaria rodízio e come feito um porco. Se sobrar alguma sopa, pode usá-la como removedor de ferrugem.
Dieta da Lua
É muito mística e cheia de rituais. Você só pode comer nas semanas crepusculares da primavera ocidental, quando o zênite estiver alinhado com o horizonte em noites de Lua cheia. Em pouco tempo você está uivando para a lua de fome, completamente selvagem e comendo até carne crua... e viva!
Dieta do Alfabeto
Você pode comer a vontade mas, em cada semana, somente alimentos que começam com uma letra do alfabeto. Na primeira semana (letra A) corre tudo relativamente bem, comendo Alface, Agrião, Amêndoa, Alho. Na segunda semana (letra B) a mulher come bombom, batata, banana, bolacha, bomba de chocolate. A segunda semana é a preferidas dos homens, já que podem comer bunda e buceta à vontade. Na terceira semana (C), chocolate, churrasco. Se a pessoa chegar na semana da letra W, vai ter que sobreviver uma semana com waffles e whisky. Após todo a alfabeto a pessoa deve ter aprendido todas as comidas que existem no dicionário e com um peso de 3 dígitos.
Dieta da Nutricionista
Café da manhã: uma xícara de café preto e duas bolachas água e sal
Almoço: Duas folhas de alface uma fatia de queijo branco e um palito
Lanche: Uma xícara de gelatina incolor, inodora e insípida.
Jantar: Meio tomate e uma lasca de alcachofra
Sobremesa: duas gotas de adoçante em um cubo de isopor
Uma semana nesta dieta e a pessoa passa a jogar o carro pra cima de ponto de ônibus cheio. É a dieta preferida dos assassinos em potencial e suicidas.
Dieta da Proteína
Como o nome diz, você só pode comer proteínas. Bife de alcatra com ovo logo no café da manhã. No almoço, picanha mal passada, linguiça calabresa e costela assada. No jantar, uma coisa mais leve, um omelete com bacon e torresmo. Você fica magro e com muito sangue na sua corrente de colesterol. Além disso, você passa a transpirar molho sabor barbecue e fica cheirando a churrasco.
Dieta do Fittipaldi (Seven Days Diet)
Lembra daquela propaganda na tv que ele vendia 7 pacotes de sopa (1 para cada dia da semana)? Pois é, você recebe 7 sachês de sopa que não enchem uma xícara da café. Funcionava porque custava tão caro que não sobrava dinheiro algum para comprar mais comida nenhuma.
Dieta dos Vigilantes do Peso
Você vai numa reunião esquema "alcoólicos anônimos" onde todo mundo se encontra, você diz "Oi, meu nome é fulano" e todo mundo responde "Oi fulano!!!!". Então você conta sua história "Eu me conscientizei que precisava emagrecer e já estou há 3 meses, 12 dias e 4 horas sem comer um doce" e todo mundo aplaude! É uma alegria só! Aí depois, você senta para ouvir a história dos outros. No final, todo mundo sai feliz da vida, com a alma lavada e vai comemorar os resultados numa pizzaria.
Dieta da Luz Solar
Tem gente que diz que consegue se alimentar apenas da luz solar. Acredito nisso. Pouco tempo depois essa pessoas passa a fazer fotossíntese, cria raízes e folhas, e vira uma samambaia ou uma daquelas arvorezinhas na calçada que a prefeitura cerca com uma gradezinha e põe uma plaquinha de propaganda. Tem um monte de gente assim por aí. Note como estão esbeltas e felizes.
Dieta Beverly Hills
Devia se chamar dieta Hawaiana. Nesta dieta, só é permitido ingerir frutas, uma diferente a cada dia. Faz sucesso entre os orangotangos. Você fica íntimo do dono da quitanda e ele troca de carro todo ano por sua causa. E você não emagrece porque come duas jacas ou 5 abacates por dia. E ainda assim passa tanta fome que come até casca de banana.
Dieta do Tipo Sanguíneo
Eu não lembro direito nem o número do meu sapato, quanto mais qual é meu tipo sanguíneo! Acho que a maioria das pessoas pensa apenas que é do tipo "vermelho" e que isso significa posso comer carne, massas com molho de tomate e sorvete de morango.
Dieta da Cor
Libera apenas que se consuma alimentos de uma cor durante toda a semana. Na semana do azul, a pessoa faz churrasco de Smurfs, farofa de Omo e toma suco de caneta Bic. Há casos de sucessos de pessoas que usaram colorjet azul num frango antes de assá-lo. O gosto ficou questionável, mas ao menos a pessoa sobreviveu... 3 horas.
Dieta das Barras de Cereais da Luciana Gimenez É a única dieta que realmente funciona. Seu cérebro perde peso e o seu QI fica igualzinho ao da Luciana Gimenez.
E mais:
Dieta do Sol: só comer carne de sol e beber cerveja mexicana com limão,
Dieta do Queijo: só comer queijo furadinho - coma só os furos,
Dieta Hashi: só comer alimentos que passem antes pelo liquidificador com hashi,
Dieta Gisele Bunchen: coma o que quiser, depois vá ao banheiro e vomite tudo,
Dieta Luciano Huck: só comer alimentos menores do que um nariz,
Dieta Fome Zero: não coma porra nenhuma,
Dieta Monogâmica: coma só a sua mulher,
Dieta do Tarado: coma tudo mundo - sexo emagrece! OBA!,
Dieta do Lula: Não coma, só beba.
Existem mais dietas no mundo do que mulheres no caderninho telefônico do Rodrigo Santoro. Mas a dura verdade é que tudo não passa de baboseira.
EFEITOS COLATERAIS
Efeito sanfona: Os médicos são enfáticos ao afirmar que não existe nada mais perigoso do que o ciclo vicioso (e gorduroso) de emagrecer/engordar o tempo todo. É o popular “Efeito Sanfona” que todos conhecem. Entretanto, existem mais três fenômenos que acontecem com os balofos e são poucos divulgados pela mídia.
O “Efeito Gangorra” é especialmente chato para os adiposos mais românticos que gostam de beijar durante o sexo. Por causa da barriga, é preciso escolher entre os lábios e... bem, os outros lábios. Sendo que única forma possível de unir ambos é ficar alternando, fazendo gangorrinha, um processo super cansativo. E, convenhamos, esforço não é coisa para gordos.
Já o “Efeito Mesinha de Centro” é muito útil nas festinhas. Após um certo nível de pança é possível apoiar diversos objetos na barriga (potinhos de amendoim, patê de presunto, cestas de pão e afins) liberando espaço na mesa da sala e economizando na compra de descansos para copos.
Finalmente, o “Efeito Referência” é uma boa maneira de ficar conhecido no carnaval, no trabalho e na sua rua. Ele consiste em você parar perto do banheiro ou de uma birosca. Assim, quando um perdido perguntar “onde fica o banheiro?” ou “onde vende cigarro?” as pessoas poderão responder: “Ali, ao lado daquele gordo”.

EMAGRECER COM REMÉDIOS É POSSÍVEL?
Perder peso tomando remédios é possível, mas tem algumas conseqüências. Por exemplo, você pode comprar uma caixa de Viagra e ficar se exercitando em casa de forma solitária e pecaminosa. Mas lembre-se de comprar hidratante para amenizar os calos nas mãos.
A MELHOR DEFESA É O ATAQUE
Uma atitude inteligente para um rolha de poço conformado com seu formato é utilizar a tática da distração. Como um mágico que leva a platéia a olhar para o lado errado na hora do truque, você deve zoar os outros antes de alguém lembrar de caçoar da sua pança. Então fale mal do tortinho, do manco, do gago e daquele moleque com pinta de boiola. Seja feliz fazendo os outros esquecerem que você é um gordo seboso e não passa na roleta do ônibus.

 Já postei o terceiro dia na Guia "Pense Magro":  Livro Pense Magro – Dia 3
Acompanhem meu dia a dia. E escrevam como me saí, tá?

Beijos

2 comentários:

Adorei a visita, volte sempre!