Falta para meu peso ideal

falta para a segunda meta

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Capitulo 1 - Livro Pense Magro

“CAPÍTUlO 1 - A CHAVE DO SUCESSO”

Se você enfrentou dificuldades para emagrecer ou emagreceu e engordou novamente nos últimos tempos, você culpou a si mesmo “Sou muito fraco... Não estava motivado o suficiente”, culpou seu organismo “Tem alguma coisa errada em mim... Eu simplesmente não consigo emagrecer!” ou a dieta que escolheu “Esta definitivamente não funciona pra mim!”?
Fico feliz em lhe dizer que a razão de seu insucesso tem outra explicação.
Você apenas não sabia “como” fazer dieta.

A maioria das pessoas que vem ao meu consultório para emagrecer já teve a experiência de iniciar dietas e desistir delas durante anos. Todas elas tem algo em comum: não sabem pensar como uma pessoa magra. As pessoas que lutam para emagrecer tem uma programação mental que sabota seus esforços. Frequentemente tem pensamentos como:
... “Sei que não deveria comer isto, mas não me importo”.
... “Se eu comer isto só desta vez não vai ter problema”.
... “Tive um dia tão difícil. Mereço comer o que eu quiser”.
... “Não consigo resistir a esta comida”.
... “Estou chateado. Tenho que comer... Já que comi o que não devia, vou continuar comendo até o fim do dia”.
... “É muito difícil. Não quero continuar fazendo dieta”.
... “Nunca vou emagrecer”.

Se qualquer um desses pensamentos lhe parece familiar, você é um candidato perfeito para ler este livro. Este programa ensina você a enfrentar pensamentos sabotadores de forma convincente. Quando escutar uma pequena voz em sua cabeça falando "Ah, coma só isso... Não tem importância", você será capaz de dizer para si mesmo "Tem importância sim... Eu quero ser magro... Todas as vezes que comer algo não planejado, aumentarei a probabilidade de fazer isso novamente... Sempre terá importância. . . Estou apenas tentando me enganar... Se comer isto, sentirei prazer por alguns segundos, mas depois irei me sentir mal... Eu posso resistir. . . Para mim é muito mais importante emagrecer do que ter alguns segundos de prazer”.

Chega de “TRAPACEAR”
Neste livro, a palavra trapaça não aparecerá novamente fora desta caixa de texto. Abri essa exceção “intencionalmente” porque muita gente com problemas para emagrecer costumam ter um padrão de pensamento denominado tudo ou nada sobre a alimentação: Ou faço a dieta sem cometer nenhum deslize ou então estarei trapaceando... Se eu estiver trapaceando é melhor desistir – Eu posso, com certeza, continuar trapaceando o dia (semana, mês, ano) inteiro. Ficou evidente, para mim, que os indivíduos que viam a si mesmos como “trapaceadores” sentiam-se desmoralizados e até mesmo “maus”, e isso dificultava sua reintegração à dieta quando, por ventura, se afastavam dela. Em vez de trapaça, usei as expressões “comer o que não foi planejado” ou “comer exageradamente”, que tem uma carga negativa menor. As pessoas que os empregam são capazes de adotar uma visão mais otimista da situação e dizer: “Tudo bem, comi algo que não estava programado” ou “comi mais do que deveria”, mas também são capazes de acrescentar: “Foi apenas um equívoco, nada demais... Vou voltar agora mesmo para a dieta”.

A dieta definitiva de Beck é um programa psicológico e não uma dieta alimentar. Não lhe diz o que comer - você pode escolher a dieta de sua preferência, desde que seja nutritiva. Se você estabelecer a programação mental adequada, qualquer dieta razoável dará certo. Este programa ensina você a comer conforme o esperado e a responder a pensamentos sabotadores como: “Eu não quero que...”, “Eu não tenho que...”, ou “Eu não consigo”.
Para escolher alimentos apropriados e utilizar hábitos alimentares adequados, você precisa aprender a fazer modificações permanentes na maneira de pensar. Com um programa passo a passo abrangente como este, você conseguirá manter-se na sua dieta, emagrecer e manter o peso alcançado.

O PODER DA TERAPIA COGNITIVA
A dieta definitiva de Beck é baseada nos princípios da terapia cognitiva (conhecida também como terapia cognitiva-comportamental ou TCC), a forma mais amplamente estudada e eficaz de psicoterapias no mundo. 
Centenas de estudos baseados em pesquisas demonstraram que a terapia auxilia pessoas que enfrentam um grande número de dificuldades incluindo depressão, ansiedade, transtornos alimentares, obesidade, tabagismo e comportamentos adictos. O mais impressionante é que as pessoas não apenas melhoram, mas mantêm a melhora com o passar dos anos. Elas aprendem como mudar seus pensamentos imprecisos e disfuncionais para que se sintam melhores emocionalmente e para que se comportem de maneira mais produtiva na busca de suas metas.

COMO A TERAPIA COGNITIVA FUNCIONA
A terapia cognitiva baseia-se no conceito de que a maneira como as pessoas pensam afeta o que elas sentem e o que elas fazem.
Digamos que você pense: “Estou com fome”. Se, em seguida, tiver um “pensamento sabotador”:
... “Como isto é horrível!”
... “Não posso tolerar”...
... “Tenho que comer”.
Você vai ficar apavorado e vai sair atrás de comida. Por outro lado, se você contrariar esses pensamentos com “respostas adaptativas" :
“Tudo bem. Vou comer dentro de poucas horas. Posso esperar”...
Você se sentirá no controle da situação e acabará se envolvendo em outras atividades.
A terapia cognitiva o ajuda a identificar os pensamentos sabotadores e a responder a eles de maneira adaptativa, o que leva você a se sentir melhor e a se comportar de maneira mais funcional.
Com a terapia cognitiva, as pessoas aprendem a resolver problemas e quem faz dieta pode ter muitos problemas. Por exemplo, você já saiu da dieta por alguma destas razões?
 Não se sentiu satisfeito mesmo tendo acabado de comer.
 Sentiu-se chateado e pensou que comer o faria se sentir melhor.
 Sentiu-se atraído por um alimento enquanto fazia compras no supermercado.
 Estava tão cansado para cozinhar que optou por fast food.
 É muito educado para recusar a sobremesa que prepararam para você
 Foi a uma festa e teve vontade de se tratar bem.
Para que você consiga emagrecer e manter o peso conquistado, você precisa resolver esses problemas práticos. Precisa também, resolver alguns problemas psicológicos, por exemplo:
 A sensação de estar sobrecarregado pelas exigências da dieta.
 A sensação de estar em privação.
 A sensação de estar desmotivado quando seu emagrecimento não correspondeu ao previsto.
 A sensação de estar estressado com outros problemas da vida.
A terapia cognitiva o ajuda a resolver problemas práticos e psicológicos, e também a aprender novos pensamentos e novas habilidades comportamentais - ferramentas que você poderá utilizar pelo resto da sua vida. Além de superar seus problemas atuais, você também aprenderá a utilizar as novas habilidades para resolver problemas futuros.

CHEGA DE CAUSAS PERDIDAS

A dieta definitiva de Beck baseia-se no mesmo planejamento que utilizo com meus pacientes que querem emagrecer. Ela funciona independentemente da sua constituição psicológica particular, do seu estilo de vida e das circunstancias familiares.
No passado, você pode ter conseguido fazer mudanças de curto prazo em seus hábitos alimentares para emagrecer. Porém, quando o caminho se tornou difícil, você abandonou essas mudanças porque não sabia responder a “pensamentos sabotadores” como:
“É muito difícil fazer dieta”.
“Eu tenho que comer. Eu não tenho autocontrole”.
“Eu não quero magoá-la, portanto vou comer o que ela preparou”.
“Não consigo fazer dieta quando estou estressado”.
O conjunto de estratégias psicológicas deste livro o ajudará de diversas maneiras. Você aprenderá a resistir ao impulso de comer exageradamente quando tiver que encarar os desejos incontroláveis, a fome, o estresse, as pressões sociais ou outros problemas. Aconteça o que acontecer,
você estará apto para fazer dieta e exercícios físicos. Você aprenderá a pensar como uma pessoa magra. Essas estratégias exigem prática, mas, com o passar do tempo, se tornarão automáticas.

O NOVO VOCÊ
Você provavelmente perceberá que fazer dieta e emagrecer tem um ciclo previsível: durante uma ou duas semanas você acha que é relativamente fácil. Então, as coisas parecem se tomar mais difíceis. Os desejos incontroláveis surgem ou se intensificam. A vida interfere. Os horários na sua agenda estão tomados. Você se sente emocionalmente estressado. E, então, você encontra inúmeras razões para se afastar da dieta.
Entretanto, se você continuar praticando as habilidades descritas neste programa, você será bem-sucedido. A dieta se tornará fácil. Os desejos incontroláveis e a fome diminuirão. Você encontrará maneiras eficientes de lidar com o estresse. Seus pensamentos mudarão.
Na verdade, você chegará ao ponto de reagir de maneira diferente quando olhar para um alimento que não deveria comer. Em vez de dizer “Eu gostaria de poder comer isto” e se sentir triste, ou “É injusto não poder comer isto” e se sentir infeliz, você vai dizer, automaticamente “Estou tão feliz por não comer isto”. Em algum momento, você vai mudar de “Eu odeio me privar” para “Estou feliz por não ter comido exageradamente!” Apenas faça o necessário, um dia de cada vez, como este livro sugere. Você chega lá!
A dieta de Relance
A terapia cognitiva é um tratamento psicoterápico que irá ajudá-lo a ser bem-sucedido na meta de emagrecer e manter o peso conquistado.
Sua maneira de pensar sobre alimentos, comer e fazer dieta influencia seu comportamento e como você se sente emocionalmente.
Certos pensamentos dificultam a continuidade da dieta e a manutenção da perda de peso.
A dieta definitiva de Beck leva você, através de um processo de seis semanas, a mudar seus pensamentos sabotadores (que fazem você se afastar da dieta) para pensamentos adaptativos (que o conduzirão ao sucesso).

3 comentários:

  1. obrigada por compartilhar o seu blog! muito uteis as informações!!!!

    parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Amei esse primeiro capítulo, irei retornar para ler os demais e incluir isso em minha rotina..

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigado por partilhar este 1º capítulo.... vou tentar obter o livro em PDF.

    ResponderExcluir

Adorei a visita, volte sempre!